Conhecendo as bactérias da microbiota intestinal

Atualizado: 20 de Out de 2020

A maior parte do trato gastrointestinal humano é colonizada por bactérias. Estima-se que esses microrganismos permanentes e transitórios podem se distribuir em mais de 1000 espécies.

Pessoa em dúvida, pensando nas bactérias que habitam o seu corpo

É importante entender que a microbiota intestinal é composta por microrganismos que convivem conosco de forma harmoniosa e que até podem nos fazer bem quando mantidos em equilíbrio (os simbiontes e comensais, por exemplo).


A composição da microbiota intestinal é única em cada indivíduo, composta de bactérias distintas, em sua maioria não patogênicas, que são herdadas do hospedeiro, adquiridas no nascimento e ainda definida pelas características ambientais, como a idade e os hábitos alimentares.


O desenvolvimento da microbiota intestinal humana é um processo complexo que já começa durante a gestação. Alguns estudos detectaram bactérias no mecônio (as primeiras fezes do bebê), no cordão umbilical e no líquido amniótico.


Ao nascer a colonização da microbiota ocorre de acordo com o tipo de parto (normal ou cesárea); amamentação (aleitamento materno exclusivo ou artificial) e pelas medidas de higiene.


A comunidade bacteriana desempenha funções importantes no nosso organismo, dentre elas, destaca-se:

  • antibacteriana/protetiva

  • imunomoduladora

  • nutricional

  • metabólica


Além disso, há a formação de uma barreira de proteção natural ao longo do trato gastrointestinal, por bactérias alocadas no intestino por sítios de ligação determinados pela genética.



Bactérias da microbiota intestinal


Os microrganismos são classificados em categorias hierárquicas, chamados de níveis taxonômicos. Os níveis taxonômicos mais importantes e estudados, sob o ponto de vista clínico dos estudos de microbioma intestinal, são Espécie, Gênero, Família e Filo.


taxonomia das bactérias

De forma geral, quatro principais filos colonizam o trato gastrointestinal humano: Bacteroidetes, Firmicutes, Proteobacteria e Actinobacteria representando 98% da microbiota intestinal. Sabe-se que mais de 90% da composição bacteriana intestinal considerada saudável é representadas por Bacteroidetes e Firmicutes.


Estima-se que 30-40 espécies de bactérias dominam o ecossistema intestinal, as quais pertencem aos gêneros Bacteroides, Bifidobacterium, Eubacterium, Fusobacterium, Clostridium e Lactobacillus.